D. Saraiva Martins considera fome o “maior escândalo” da actualidade

Maio 12, 2008

O cardeal Saraiva Martins, Prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, considerou ontem (dia 11 de Maio) em Fátima que a fome é o “maior escândalo” do mundo moderno, apontando as desigualdades sociais como a sua causa.

“A fome é o maior escândalo das sociedades contemporâneas”, afirmou o cardeal, que preside até terça-feira às celebrações em Fátima, considerando que a possibilidade da escassez de alimentos devido à crise alimentar como uma “realidade triste e vergonhosa”.

“Nesta sociedade opulenta há milhões que vivem com fome” sem qualquer resposta adequada, considerou o cardeal, que defende uma “redistribuição social dos bens” produzidos, em vez da excessiva concentração para os mais ricos.

“Todos os homens têm o dever de ter uma vida digna” mas isso não sucede porque “na origem de tudo isto há a perda de certos valores como o valor da igualdade humana”, considerou o cardeal.

A Igreja tem defendido uma “distribuição mais justa dos bens da terra” mas o “campo dela não é o campo dos políticos” e “não pode ir mais além”.

“Enquanto houver certas injustiças, os conflitos existirão sempre”, disse o cardeal, que defende “mais respeito pelo homem” até porque “não é o dinheiro que resolve os problemas”.

Nem “toda a riqueza possível e inimaginável vai resolver o problema” do mundo sem que haja “respeito pelo homem na sua integridade”, acrescentou o cardeal.

(in Lusa, PJA, 11.05.08 – Foto RR)

Anúncios