BENTO XVI – NOVA ENCÍCLICA SOBRE TEMAS SOCIAIS

Junho 30, 2009

n54393616247_1388994_2890332Os temas sociais estão no centro da terceira encíclica de Bento XVI, intitulada “Caritas in veritate” (Caridade na Verdade), cuja próxima publicação foi anunciada pelo papa aos peregrinos concentrados na Praça de São Pedro, durante a Oração do Angelus.

A encíclica, que tem a data do dia de São Pedro e de São Paulo, visa “aprofundar alguns aspectos do desenvolvimento integral” na época actual, “à luz da caridade na verdade“, afirmou Bento XVI.

Neste documento pastoral, o papa retoma temas tratados por Paulo VI em 1967 na encíclica “Populorum Progressio”, considerado de referência para a Doutrina Social da Igreja.

Ao fazer o anúncio da encíclica, Bento XVI pediu orações para o novo contributo que a Igreja Católica “oferece à humanidade, no seu empenho por um progresso sustentável, no pleno respeito pela dignidade humana e pelas reais exigências de todos”.

No final de Fevereiro deste ano, já em plena crise financeira, o Papa tinha anunciado que iria tratar deste assunto numa encíclica, prometendo denunciar as “injustiças económicas” e “erros fundamentais” que conduziram à crise, que considerou ser o resultado “da avareza humana e da idolatria”, em que se substituiu o “verdadeiro Deus pelo deus da avareza”.

Esta é a terceira encíclica de Bento XVI, que tem produzido estes documentos pastorais de dois em dois anos.

Em Dezembro de 2005 anunciou a publicação da primeira encíclica do seu pontificado, “Deus carita est” (Deus é amor), seguida, em Novembro de 2007, por “Spe salvi” (Salvos na esperança).

Texto do [Expresso] e imagem [daqui]

Anúncios

D. ANTÓNIO VITALINO DEFENDE LEVANTAMENTO DAS SITUAÇÕES DE POBREZA

Junho 22, 2009

P1030383(1)D. António Vitalino pede mobilização geral para fazer face à situação de crise no país

O Bispo de Beja considera que é importante que as paróquias, as instituições sociais e caritativas, as escolas, as autarquias e as forças de segurança se unam para fazer “um levantamento das situações de pobreza, em sentido lato, na sua vizinhança ou na área da sua intervenção”.

“Se encontrarem alguma situação de extrema pobreza não esperem por soluções vindas de terceiros, mas tornem-se intermediários imediatos de algum alívio”, refere D. António Vitalino na sua nota semanal para a Rádio Pax.

O Bispo de Beja retoma algumas das ideias apontadas no final das Jornadas, escrevendo que “todos precisamos de nos reeducar para um estilo de vida mais sóbrio e simples, reduzindo os nossos consumos às necessidades fundamentais, no respeito pela ecologia e na partilha com os mais pobres”.

A terminar, afirma: “Superar a crise está também nas minhas e nas vossas mãos, estimados ouvintes e leitores, e não apenas nas dos políticos e das instituições.”

[Ler mais]


MAIS DE MIL MILHÕES DE PESSOAS COM FOME NO MUNDO

Junho 22, 2009

medium_24664_0099w300Os famintos do mundo ultrapassaram a barreira dos mil milhões, indica relatório das Nações Unidas. O aumento foi de mais de 100 milhões de pessoas em relação ao passado ano.

Segundo a «Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação», a grande maioria das pessoas malnutridas vivem nos países em desenvolvimento: Cerca de 642 milhões na Ásia e Pacífico, 265 milhões em África Subsariana, 53 milhões na América Latina e Caraíbas e 42 milhões no Norte de África e Médio Oriente. Apenas 1 por cento dos que passam fome vivem em países ricos.

«Essa silenciosa crise alimentar que atinge 1/6 de toda a população mundial constitui um sério risco para a paz e a segurança no mundo», salientou o Director-geral da FAO, Jacques Diouf.

O Director da «Divisão de Desenvolvimento Económico e Agrícola» da FAO, Kostas G. Stamoulis, fez a importante revelação de que, este ano, houve recorde da colheita de trigo: «Então, não há falta de comida, mas sim falta de acesso à comida».

Para a FAO, o objectivo fixado sobre a alimentação, de reduzir à metade o número de pessoas com fome, não será alcançado até 2015. América Latina e Caribe foi a única região que registou sinais de melhora nos últimos anos, mesmo assim foi comprovado um aumento (12,8 por cento) do número de desnutridos.

[Ler mais]

O Mapa da Fome (FAO)

O Mapa da Fome (FAO)


COMUNICADO FINAL da Assembleia Plenária Extraordinária da Conferência Episcopal Portuguesa

Junho 19, 2009

CEPOs Bispos de Portugal estiveram reunidos, de 15 a 18 de Junho de 2009, na Casa de Nossa Senhora das Dores, do Santuário de Fátima, para participar nas «Jornadas Pastorais do Episcopado». Este ano tiveram por tema: «Pastoral sócio‑caritativa: Novos problemas, novos caminhos de acção».

[Ler Mais]


IGREJA E A ACÇÃO SOCIAL

Junho 17, 2009

paoEstudo realizado pela Universidade Católica Portuguesa fala de centenas de milhares de respostas a situações de carência.

As instituições sociais da Igreja Católica dão resposta a mais de meio milhão de situações de carência e empregam mais de 23 mil pessoas, um número que poderá ser maior, uma vez que o voluntariado, não quantificado, é uma dimensão com alargada presença na acção social da Igreja.

LER MAIS>>


HOME

Junho 14, 2009

120X160_home_uk2An exceptional event for exceptional times

A exibição on-line do filme HOME está disponível no YouTube apenas até ao fim do dia de hoje, 14 de Junho.

Não percam esta oportunidade de o ver. HOME é um documentário realizado pelo fotógrafo e jornalista francês Yann Arthus-Bertrand, produzido por Luc Besson e Denis Carot. É um filme que nos convida a um outro olhar sobre o planeta terra, a reflectir sobre a nossa relação com o ambiente e as diferentes formas de vida na Terra.

A NÃO PERDER: